quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Conheça José Djalisson: Parlamentar jovem de Picuí

José Djalisson tem 17 anos é natural de Picuí e representará a Paraíba no Congresso Nacional como Jovem Deputado Federal.
Desde cedo foi uma criança ativa nos projetos sociais. As 7 anos fez parte do CEOP (Centro de Educação e Organização Popular) onde participava de  oficinas e atividades relacionados a assuntos que, até então, não era discutidos nas escolas:  Abuso Sexual, Política, Drogas,  e DST's eram  assuntos discutidos de forma lúdica para crianças e adolescentes. Aos 11 anos, ingressou no Movimento Escoteiro, um dos movimentos mais marcantes em sua vida. Realizava trabalho voluntário e participava de reuniões nas quais era demonstrado o respeito ao próximo e disciplina. O aprendizado adquirido em cada reunião serve até hoje, pois lapidou sua alma.
Como aluno da Escola Professor Lordão, na 1ª Série do Ensino Médio, publicou uma página chamada "Diário de Classe - Professor Lordão" (https://www.facebook.com/DiarioDeClasseProfessorLordao), baseada no Diário de Classe feita por Isabela Faber, de Santa Catarina. O "Diário" servia para reportar e denunciar fatos vistos por ele na escola, como vidros das janelas quebrados, portas, vandalismo e etc. Também reportava a qualidade de ensino que havia na época e o descaso de alguns professores. Ele queria mostrar a verdade e fez efeito, recebeu muito apoio. Foi uma fase muito importante em sua vida, amadureceu bastante. Estudou durante 1 ano e alguns meses no IFPB (Instituto Federal de Ciência e Tecnologia da Paraíba), onde iniciou o curso de Programação. Não se identificou e optou por sair. No mesmo Instituto ingressou no curso técnico de biblioteconomia, onde concluiu com êxito.
Toda estadia no IFPB foi paralelo ao Ensino Médio, já que ambos os cursos foram promovidos pelo PRONATEC (Programa Nacional de Ensino Técnico e Emprego). “Agradeço imensamente aos profissionais que me receberam e os amigos que pude fazer, foi de grande influência no meu crescimento intelectual e acadêmico” diz o parlamentar jovem.
Hoje participa do Grêmio Estudantil e do Conselho da Escola Estadual Professor Lordão, também faz parte do Bateia de Cinema, um grupo de jovens que visa, junto com o audiovisual efetivar trabalhos sociais, além de fazer  parte do Levante Popular da Juventude.
Como uma força implacável a literatura se fez presente em sua vida estimulada pela Escola Professor Lordão. A partir deste ponto ficou estranhamente apaixonado por marcadores de páginas. Uma de suas experiências numa tarde de quinta-feira enviou um e-mail para várias editoras de todo o Brasil pedindo de forma tímida os marcadores, e no final do e-mail acrescentava, "E livros, caso estejam sobrando". O pedido foi atendido... E por quase 2 meses chegaram vários marcadores de páginas e alguns livros, porém, não foi só isso que aconteceu. Uma editora conhecida ficou interessada e lhe convidou a participar de uma entrevista, na qual seria publicada por uma revista de grande nome no Brasil. Carta Capital. A matéria falava basicamente da sua biografia e o que os livros significavam pra ele. Vieram massivamente marcadores de editoras famosas, também vieram marcadores da Polônia, Eslôvênia, Portugal, Interior da Espanha e etc. Editoras e pessoas do Brasil inteiro, também, enviaram cartas, várias cartas lhe incentivando a ler e a acreditar nos meus sonhos. Escritores da Bahia, São Paulo, Santa Catarina também escreveram. “Fiquei muitíssimo feliz” diz José como é conhecido entre os escritores.
A carta que mais lhe impressionou foi a de uma senhora de 89 anos, que pensava que a juventude estava perdida. E livros, vários livros de todos os tipos, tamanhos e cores, não havia palavras para expressar o sentimento de um leitor nato, do sentimento quando chegavam os livros novos. Caixas e mais caixas chegavam, livros em outras línguas também, até o Alcorão, "bíblia" muçulmana, ele recebeu, em árabe. Doou parte dos livros à amigos e para a escola onde estuda. “Livro não é pra ficar numa estante levando poeira, né?” diz.
Participou da IX Bienal Internacional do Livro em Recife, Pernambuco, uma experiência ímpar e fantástica que presenciou junto com a professora de sociologia Carmeracilda Dantas que custeiou a viagem. Teatro, Parque de Diversão e Praia também entraram no pacote. Recentemente recebeu a notícia que o projeto de lei que tinha enviado, orientado pelo professor e diretor da Escola Professor Lordão, Robson Rubenilson, foi classificado para o PJB (Parlamento Jovem Brasileiro) onde eu passará uma semana como  Deputado Federal, podendo analisar qual é a função e o que faz um Deputado de uma forma mais real e participativa, contando até com votação de leis. O Projeto foi inscrito após o aluno chegar de São Paulo, onde participou  do 2º Acampamento Nacional do Levante Popular da Juventude, movimento social de caráter popular organizado por jovens do campo e da cidade. Lá  participei de oficinas, palestras e rodas de conversa e pode ter contato com alunos secundarista, professores, doutores e etc, do Brasil inteiro. Discutimos temas políticos fundamentais da juventude. Problemas semelhantes e realidades diferentes...Tudo isso que passou por São Paulo serviu como gás para inflamar o projeto que foi classificado.
A área de humanas é a que mais lhe atraí, já que a Literatura se faz muito presente em sua vida. Exatas também, só que com intensidade menor, foi aprovado na segunda fase da OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) e a OPBQ (Olimpíada Paraibana de Química). O jovem Djalisson deseja ingressar na universidade o mais rápido possível e fazer os cursos de Direito, História ou Letras. Alguém duvida?

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Djálisson é o 4º aluno da Escola Professor Lordão a representar a Paraíba no Congresso Nacional.

A Câmara dos Deputados divulgou nesta segunda (18), em Brasília, o resultado dos projetos selecionados no Parlamento Jovem Brasileiro. E pela 4ª vez um aluno da Escola Estadual Professor Lordão, José Djalisson Santos Oliveira, é classificado e irá representar o Estado da Paraíba como jovem Deputado Federal no Congresso Nacional, em Brasília.
Djalisson Oliveira foi orientado pelo professor Robson Rubenilson e apresentou um projeto de lei que dispõe sobre a obrigação do ensino e promoção de debates contra os diversos tipos de intolerância nas escolas públicas do Brasil na semana que decorre o dia do estudante.
Além de José Djalisson, os alunos Daniel Nunes, Izabel Rodrigues e Nathália Leite já viveram a experiência como jovem parlamentar.


O Parlamento Jovem Brasileiro é realizado anualmente e tem por objetivo possibilitar aos alunos de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados, em que os estudantes tomam posse e atuam como Deputados Jovens.

Durante o período da Legislatura prevista para os estudantes, que tem a duração de cinco dias, os participantes têm a oportunidade de experimentar o dia a dia dos parlamentares brasileiros no desempenho de suas funções. O trâmite das proposições apresentadas pelos deputados jovens se dá de acordo, na medida do possível, com as normas regimentais vigentes na Câmara dos Deputados.

sábado, 16 de agosto de 2014

Equipe de Robótica do Lordão se classifica para etapa seguinte da Olimpíada Brasileira de Robótica

      Alunos da Escola Estadual Professor Lordão estão participando da etapa regional da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que está acontecendo desde terça-feira (12), na Estação das Artes, anexo da Estação Cabo Branco, em João Pessoa.
Este ano, a Paraíba está em segundo lugar no ranking de participação da Olimpíada, com 285 equipes, sendo 126 do nível fundamental e 150 do nível médio, com estimativa de 1.140 alunos.
      A equipe Coordenada pela Professora Valda Lúcia e composta pelos alunos Djailton Costa, Gabriel Romario, José Anderson Santos, Mateus Fernandes Santos, Gustavo Alves e José Vanderlan se classificou na etapa local e disputará neste domingo a fase regional que poderá classifica-los para a etapa Nacional e a disputa mundial a
RoboCup na China.


      O coordenador Estadual de Robótica da Secretaria de Estado da Educação (SEE), Gustavo Amorim, demonstrou uma expectativa de muito sucesso na participação dos alunos, assim como aconteceu na Robocup. “Nossos professores foram capacitados, as escolas equipadas e nossos alunos estão preparados”, afirmou Gustavo.
       Na competição, a missão das equipes é simular um ambiente de desastre em mundo real onde o resgate de vítimas precisa ser feito por robôs. Em um ambiente hostil, o robô precisa ser completamente autônomo para cumprir sua missão de seguir uma trilha cheia de obstáculos e desafios.
   

  O robô terá que ser ágil para superar um terreno hostil (redutores de velocidade) sem ficar preso; atravessar terrenos desconhecidos (lacunas na linha) onde a trilha não pode ser reconhecida; desviar de escombros (obstáculos) e subir montanhas (rampa) para conseguir salvar a vítima (lata de refrigerante), transportando-a para uma área segura (ponto de evacuação) onde os humanos podem assumir os cuidados da vítima.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Alunos do Lordão comemoram dia do Estudante


      Pensando em fortalecer a relação entre alunos, professores e funcionários a Escola Estadual Professor Lordão promoveu no último sábado (08) através da coordenação pedagógica e articulação do Programa Ensino Médio Inovador uma série de ações voltadas para celebrar o dia do estudante.

      Entre as atividades os alunos participaram de Ginástica; Oficinas de danças regionais; hip hop; Street Dance; Karaokê; Jogos: Dominó, Damas, Xadrez, Matemática e Tênis de mesa; Sala de cinema, produção de caricatura, desenho, etc.
      Como lanche foi servida uma sorvedata, pipoca, refrigerante e bolo. 

     Á noite apresentações culturais, entrega de premiações e certificados aos alunos atletas e exposição do novo acervo de literatura juvenil da biblioteca Dircineide Neves Dantas.






quinta-feira, 24 de julho de 2014

Concurso: Criação Bandeira da Escola




Tem com objetivo escolher uma bandeira para a Escola Estadual Professor Lordão;
·      A bandeira será utilizada em eventos e peças de divulgação da Escola.
·       Pode ser desenvolvido em software gráfico ou à mão livre.
·      Deve vir em folha de papel A4, com altura mínima de 15 cm.
·      Caso a obra tenha sido elaborada ou transferida para CorelDRAW ou Adobe                 Photoshop e salva em CD-ROM.
·      Além da prova impressa, com um texto explicando cada item da bandeira.
         
Seguir criteriosamente o edital fornecido pela Escola Estadual Professor Lordão

·     Preencher a ficha de inscrição e entregar na secretaria da Escola Estadual Professor       Lordão de 23 até 25 de julho de 2014.
·     Entrega do material para avaliação até  31 de Julho de 2014 .
·     Serão premiados as três melhores bandeiras.
·     O ganhador vai entrar para a história da Escola Estadual Professor Lordão e                  História de Picuí .
·     É importante que as imagens retratem a Missão, Visão e Princípios da instituição. 

Sugestões sobre a construção de nova bandeira para nossa escola:

Cores da escolar: Azul, Amarela e Branca
Datas da escola: 1912 primeira turma 
                             Março de 1938 - Inauguração do atual prédio

Frase da escola: "Desde 1912 educando os filhos de Picuí": Orlinda Dantas

Conquistas importantes da escola: Sugestão representar com estrelas

Referência Internacional
Prêmio Gestão Escolar  - EUA
Referência Nacional
Prêmio Nacional de Ciências - 1º Lugar no Brasil - Projeto Repensando Picuí
Prêmio Luis Eduardo Magalhães - 1º Lugar
Medalha Olimpíada de Língua Portuguesa: 1 aluna: Dircineide e Izabel
Prêmio Parlamento Jovem Brasileiro: 3 alunos: Izabel, Daniel e Nathália

Frase em latim representando a missão/filosofia da escola

Símbolo que represente tanto a proposta de educação, quando a nossa escola. Algo que seja próprio, original, nosso!

Fita

Veja dicas, aqui

terça-feira, 22 de julho de 2014

Alunos da Escola Professor Lordão participam da RoboCup 2014

34 alunos acompanhados por sete professores estiveram participando nesta terça (22) da RoboCup, Copa do Mundo de Robôs, que teve início no sábado, em João Pessoa, Paraíba. O evento vem no rastro da Copa do Mundo (de humanos) e reúne 45 países e 400 equipes na capital paraibana.
As competições da RoboCup acontecem até quinta-feira (24) no Centro de Convenções de João Pessoa com disputas de futebol, resgate, tarefas domésticas, trabalho e logística. A RoboCupJunior, por sua vez, acontece no mesmo período e tem competições de dança, futebol e resgate.
A Escola Estadual Professor Lordão se fez presente com uma equipe que se prepara para as competições nas Olimpíadas Brasileiras de Robótica que acontecem no  próximo mês. “O evento permite aos alunos o estímulo e a percepção sobre o nível dos competidores internacionais, fator importante nesta etapa para os alunos do Projeto de Robótica da escola” afirma o gestor Robson Rubenilson.
Apesar de não competir nesta etapa, os alunos do Projeto de Robótica coordenado pela Professora Valda, puderam compartilhar dos competidores internacionais técnicas e conhecimentos que serão decisivos nas Olimpíadas em agosto.

Além das quatrocentas equipes, de diversos países, que estão presentes na competição em suas quatro áreas — Soccer, Rescue, Home e Junior —, o evento conta ainda com palestras, como a apresentação de Rodney Brooks, criador do aspirador de pó Roomba, robô para o uso doméstico de sucesso comercial mundial. A RoboCup 2014, que se encerra no próximo dia 25, acontece no Centro de Convenções Poeta Ronaldo Cunha Lima, em Costa do Sol.