segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Paraíba poderá eleger um representante para o Mercosul

       


      Está aberta até o próximo sábado (05/11) a votação para eleger o representante da Paraíba no Parlamento Juvenil do MERCOSUL que tem como objetivo o protagonismo e a integração entre os países associados que compõem o Mercado Comum do Sul.
       Entre os candidatos estão dois alunos da Escola Estadual Professor Lordão que concorrem com outros dois participantes, sendo um da cidade de Cuité e outro de Campina Grande. 
      Os alunos Tatiane Dias e Haulisson Silva tiveram seus projetos de intervenção social selecionados para representar a Paraíba na final do programa e agora concorrem a uma vaga, mediante eleição, no Parlamento Juvenil do MERCOSUL. 

Veja como conhecer o perfil de nossos candidatos e ajude a Paraíba a ter sua representação no MERCOSUL.

Tatiane Dias

Tem 16 anos, tem experiência na coordenação de grupos religiosos projetos na escola desenvolvidos da escola. Faz parte do Grêmio estudantil, se posiciona em defesa dos colegas, gosta de liderar, conversar e compreender as pessoas. É uma jovem sonhadora e que preza valores.
Seu projeto: Orientação vocacional nas escolas públicas e a construção do projeto de vida dos alunos.

Veja como votar em Tatiane: Aqui: ou pelo site> http://pjm.mec.gov.br/candidatos-por-estado/candidatos-pb# 


Haulisson Silva

Jovem estudante, 16 anos, aluno da Escola Estadual Professor Lordão. Participa de vários projetos escolares e em igrejas, além da participação em trabalhos voluntários dentro e fora da escola. Procura defender a atuação estudantil e os seus direitos visando o bem estar dos mesmos.
Seu projeto: Clube literário: Uma proposta de incentivo à leitura.


Veja como votar em Haulisson Aqui ou pelo site: http://pjm.mec.gov.br/candidatos-por-estado/candidatos-pb#

domingo, 30 de outubro de 2016

Aluna e professora de Picuí são medalhistas e representarão a Paraíba na final da OLP

            


             A aluna da 3ª série da Escola Estadual Professor Lordão, Josseane Fátima de Lima e sua professora Renata Santos Silva, tiveram seu trabalho como um dos selecionados para representar a Paraíba na fase final da Olimpíada de Língua Portuguesa que ocorrerá em Brasília no mês de dezembro. Irão representando a Paraíba junto com a professora Andrezza Espínola e o aluno Jônatas de Jacaraú.
Equipe da Paraíba: Picuí, Pedra Lavrada, Jacaraú e Guarabira.
            A Olimpíada de Língua Portuguesa, Escrevendo o Futuro foi instituída em 2008 com o objetivo de colaborar para a melhoria do ensino da leitura e da escrita, através de ações de formação presencial e a distância, disponibilizando materiais com orientações pedagógicas e promovendo a reflexão sobre práticas educativas.
            Em 2016, na 5ª- edição, a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro foi realizada em São Paulo com o objetivo de aprimorar o conhecimento de alunos e professores sobre o gênero artigo de opinião. Nas oficinas, professores e alunos se separaram em novos grupos com pessoas de diversos estados e ao longo dos três dias desenvolveram atividades pedagógicas, visitaram a 32ª Bienal de São Paulo com o tema "Incerteza Viva", participaram do Sarau Literário, ganharam vale ticket para comprar livros e participaram da Cerimônia de Premiação dos finalistas. " A equipe que organiza a Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro está de parabéns, pois fomos muito bem tratados e acolhidos por todos. É uma experiência única na vida de cada um, gostei muito de ter participado e ter enriquecido minha aprendizagem". Relata a aluna.
"Minha inspiração para a construção do artigo de opinião foi baseado no Projeto de Arqueologia, um passado ameaçado, orientado pelo Professor Robson Rubenilson que desenvolve pesquisas sobre os vestígios arqueológicos em Picuí. No artigo, eu alerto sobre as ameaças ao patrimônio histórico e arqueológico de Picuí". Relata a aluna.
          
  Seu texto foi orientando pelos professores Robson Rubenilson, Renata Santos, Jeanne Medeiros e foi selecionado para a etapa final da OLP.
          Como premiação nesta etapa a aluna e sua professora receberam medalhas de prata, certificados, tablets. Além disso, o artigo será publicado na coletânea de textos da Olimpíada 2016.
            A aluna Josseane ainda destacou a participação da Paraíba com quatro semifinalistas, sendo dois classificados para a final. "A Olimpíada é apenas uma das formas de integrar os municípios, formar novas amizades, conhecer novas culturas e aprimorar o conhecimento. Além disso, é prova de que a educação pública do estado garante as condições e oportunidades necessárias para o desenvolvimento da formação cidadã ". Finaliza a aluna.

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Em Picuí, aluno da educação especial tem trabalho premiado nacionalmente.

         
O aluno da Escola Estadual Professor Lordão, Eusébio Henriques Liberato de 60 anos foi um dos selecionados no XV Prêmio Nacional do Denatran de Educação para o Trânsito. Eusébio concorreu na categoria educação especial, considerando sua limitação auditiva, e ficou em segundo lugar no Brasil.
            O aluno foi orientado pelos professores Robson Rubenilson e Selma Dantas durante pesquisa e desenvolvimento do trabalho. Selma foi contratada pela Secretaria de Estado da Educação para atuar como interprete da Língua Brasileira de Sinais - Libras, auxiliando-o na aprendizagem de Eusébio Liberato. 
            A proposta apresentada a Eusébio foi a elaboração de um mosaico que retratasse o papel do ciclista no trânsito. Rapidamente entendeu a ideia e passou a pesquisar e a projetar seu trabalho que foi prontamente selecionado. 
            Eusébio é um exemplo de superação. Aos três anos precisou se separar da mãe que por condições materiais passou aos cuidados da avó. Surdo, Eusébio precisou desde cedo enfrentar as adversidades da vida no Seridó paraibano trabalhando na agricultura. Durante este período não teve tempo para os estudos. Na escola da vida tornou-se um prático mecânico e só depois dos 50 anos de idade pode iniciar sua vida estudantil. 
            Papel fundamental durante esta nova fase foi desempenhado pelas professoras Geana Souza e Maria da Guia Lucena que durante o ensino fundamental foram mais que profissionais da educação, foram ativistas da educação inclusiva no município de Picuí. Quando ingressou na Escola Estadual Professor Lordão contou com a sensibilidade e compromisso da Gerente Regional de Educação, Maria das Graças Almeida (Gracinha) que imediatamente providenciou a contração da professora Selma Dantas para acompanhá-lo durantes as aulas regulares. 
          
  Hoje, Eusébio é um dos melhores alunos de sua turma, participando de todas as atividades na escola. Entre suas atividades em 2016 ministrou palestra durante a I Semana de Arqueologia de Picuí e apresentou o trabalho: A inclusão dos surdos nas escolas de Picuí, sendo sua equipe premiada em 1º lugar durante a Feira de Ciências da Escola Professor Lordão. 

            Eusébio reflete a esperança de todos aqueles que acreditam na educação especial como uma ferramenta de inclusão, socialização e profissionalização. Parabéns Eusébio!

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Aluna e professora da Escola Professor Lordão têm artigo classificado para a semifinal da Olimpíada de Língua Portuguesa

            
Josseane Fátima de Lima - Artigo de opinião
                  Aluna da 3ª série da Escola Estadual Professor Lordão, Josseane Fátima de Lima e sua professora Renata Santos Silva, tiveram seu trabalho como um dos selecionados para representar a Paraíba na fase semifinal da Olimpíada de Língua Portuguesa, edição 2016. 
          
Jeanne e Renata - Orientadoras
  A Olimpíada de Língua Portuguesa, Escrevendo o Futuro foi instituída em 2008 com o objetivo de colaborar para a melhoria do ensino da leitura e da escrita, através de ações de formação presencial e a distância, disponibilizando materiais com orientações pedagógicas e promovendo a reflexão sobre práticas educativas.
            Em 2016, na 5ª- edição, a Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro continua valorizando a interação de crianças e jovens com seu território e promovendo o concurso de textos cujo tema é “O lugar onde vivo”. Assim, para escrever os textos, os alunos deveriam resgatar histórias, estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade, o que contribui para o desenvolvimento de sua cidadania.
Projeto Arqueologia, um passado ameaçado 
            Josseane Lima faz parte do Projeto Arqueologia, um passado ameaçado que desenvolve pesquisas sobre os vestígios arqueológicos em Picuí e elaborou um artigo de opinião alertando sobre as ameaças ao patrimônio histórico e arqueológico em Picuí. Seu texto foi orientando pelos professores Robson Rubenilson, Renata Santos Jeanne Medeiros e foi  selecionado para a etapa seguinte da OLP.
            Como premiação nesta a aluna e sua professora receberão medalhas e cupons para retirada de livro(s) na livraria montada no local do encontro regional que acontecerá em um dos estados do Nordeste.
Izabel Rodrigues e Dircineide Neves,
premiadas OLP - 2010
             Josseane é a segunda aluna e Renata Santos professora da Escola Estadual Professor Lordão a representar a Paraíba nesta etapa da Olimpíada. Em 2010 a aluna Izabel Rodrigues e sua professora Dircineide Neves Dantas tiveram honra em representar a escola nesta mesma olimpíada. 

sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Jovem deputado é recepcionado em Picuí


      O jovem deputado Luis Gustavo, aluno da 3ª série da Escola Cidadã Integrada Professor Lordão, da cidade de Picuí foi recepcionado por colegas, professores e familiares nesta sexta-feira no centro de Picuí, depois de uma semana simulando a jornada parlamentar em Brasília.
      Luis Gustavo foi o aluno da rede estadual selecionado pelo Programa Parlamento Jovem Brasileiro para representar o Estado da Paraíba durante a jornada parlamentar jovem entre os dias 25 à 30 de setembro.
      Durante a jornada o jovem parlamentar ocupou a relatoria e vice presidência da Comissão de Meio Ambiente, ocasião de defendeu seu projeto de lei que sugere a disponibilização de coletores para o descarte de medicamentos e objetos perfurocortantes em postos de saúde, clínicas e farmácias. Seu projeto teve como inspiração o trabalho que sua mãe exerce em farmácia na cidade.
A experiência foi avaliada com muito proveitosa pelo aluno que participou de palestras, orientações técnicas, simulações, relatoria e defesas. Por ocasião do evento teve a oportunidade de compartilhar sua experiência com jovens deputados de todo o país. 
A recepção aconteceu ainda no centro da cidade, quando seus colegas saíram da farmácia que sua mãe trabalha e pararam o trânsito para recebê-lo. Com faixas, cartazes e muitos abraços, Gustavo foi retirado do carro e conduzido pelas ruas até a escola, onde uma homenagem foi realizada pelos amigos, colegas, professores e familiares. 
A emoção marcou o momento com muitas lágrimas. A alegria constatava  o orgulho dos familiares diante de sua excelente participação no Congresso Nacional. No final todos se confraternizaram. 

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Alunos da Escola Professor Lordão poderão representar a Paraíba no Mercosul.




      Os alunos Haulisson Radynny Lira da Silva (2ª C) e Tatiane Soares Dias (2ª B), da Escola Estadual Professor Lordão, da cidade de Picuí foram pré-selecionados para participar do programa Parlamento Juvenil do Mercosul (PJM).
      Cada estudante elaborou um projeto autoral de protagonismo juvenil e foi pré-selecionado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE). Além de Haulisson Radynny e Tatiane Soares, o aluno Victor da Rocha Silva Escola Estadual Orlando Venâncio dos Santos - Cuité, também foi selecionado nesta etapa.  
      Na próxima etapa, os candidatos participarão da seleção final, que será realizada por meio de processo eleitoral democrático, conduzido pelo Ministério da Educação (MEC), que elegerá um representante de cada unidade federativa.
Parlamento Juvenil do Mercosul  – O programa tem como objetivo promover o protagonismo juvenil, contribuindo para a integração regional dos jovens parlamentares que, após discussões conjuntas, acordam e recomendam a adoção de políticas educativas que promovam uma cidadania regional e uma cultura de paz e respeito à democracia, aos direitos humanos e ao meio ambiente.

      O jovem eleito para representar sua Unidade da Federação e o Brasil no PJM tem mandato de dois anos e, durante esse período, participa ativamente do processo de elaboração e divulgação da Declaração do Parlamento Juvenil, documento produzido pelo coletivo do PJM, composto pelos parlamentares juvenis de todos os países-membros e associados.

Ascom/PB.

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Estudante da rede estadual vivenciará uma semana como deputado em Brasília.



      O estudante da Escola Estadual Professor Lordão da cidade de Picuí - PB embarcará no próximo domingo (25) para Brasília com a missão de representar a rede estadual de educação na 13ª edição do Parlamento Jovem Brasileiro.
     Luís Gustavo Gomes da Silva é um dos jovens que irão vivenciar o cotidiano parlamentar no Congresso Nacional. O estudante tem 16 anos de idade e cursa a 3ª série do Ensino Médio Integral. O projeto de lei que irá defender em Brasília dispõe sobre a implantação obrigatória de coletores nas UPAs, PSFs, hospitais e farmácias para o recolhimento de medicamentos com validade ultrapassada ou em desuso e materiais hospitalares.
      O jovem deputado é o 6º aluno da Escola Professor Lordão a participar do programa. O estudante diz: “que o conhecimento sobre o legislativo é de grande importância para todos os cidadãos. Vejo nesta viagem uma forma de aprender mais sobre o trabalho de elaboração e avaliação de nossas leis. É importante ter isso em mente, o que com certeza irá me proporcionar um futuro mais a politizado”.
      O Parlamento Jovem Brasileiro tem por objetivo possibilitar aos estudantes de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados, em que os estudantes atuam como deputados jovens.
      Sobre a proximidade da viagem e a expectativa da viagem jovem estudante destaca que “estão tão ansiosos quanto eu! A escola, amigos e todos que me ajudaram principalmente minha mãe, que está organizando tudo para o embarque”.
        Diante do desafio e oportunidade a Escola Estadual Professor Lordão e a comunidade de Picuí deseja uma boa viagem e uma semana de muito aprendizado. Sucesso Gustavo.