quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Alunos da Educação de Jovens e Adultos da Escola Professor Lordão conquistam 1º lugar na Feira de Ciências do IFPB.

Os alunos Francisco Moura, José Josinaldo e José Juscelino, da Educação de Jovens e Adultos da Escola Estadual Professor Lordão, orientados pelos professores Robson Rubenilson e Alex Gustavo conquistaram o 1º lugar na IV Feira de Ciências do Instituto Federal da Paraíba – IFPB, campus Picuí, na categoria Ciências Naturais com o projeto: “ O estudo da física através das próteses de amputados em acidentes de trânsito”. Os Estudantes receberam Smartphone, Bolsa de estudo, viagem cultural, certificados e medalhas.
Os estudantes apresentaram um estudo sobre a aplicação dos conceitos da física para elaboração de uma prótese para amputados vítimas de acidente de trânsito. Além da pesquisa sobre os acidentes causados a partir da ingestão de álcool, os alunos desenvolveram um protótipo de uma prótese para mão com material de baixo custo. A mão é acionada por impulsos elétricos transmitidos por dispositivos que o amputado comanda com sua outra mão.
A pesquisa surgiu da realidade vivida pelo aluno José Josinaldo, amputado, que conhece as dificuldades de se conseguir uma prótese, visto que o valor é pouco acessível e a paixão pela física que alimenta o aluno Francisco Moura. Com a dedicação do colega Juscelino conseguiram desenvolver a pesquisa durante as aulas e madrugadas, momentos que dedicavam para embasamento teórico e produção do protótipo.
            O prêmio desperta a atenção para o potencial dos alunos que participam da Educação de Jovens e Adultos, que algumas vezes não recebem a atenção necessária e a capacidade do estudante deficiente físico, que apesar da inclusão nas escolas ainda lutam pelo reconhecimento pleno do respeito a seus direitos.
            Além do Prêmio de Ciências Naturais, a Escola Estadual Professor Lordão recebeu o troféu Escola que Incentiva a Ciência pela quantidade de projetos apresentados em todas as áreas.


domingo, 21 de setembro de 2014

Aluno do Lordão defende projeto de lei em Brasília

O aluno José Djalisson Santos Oliveira da Escola Estadual Professor Lordão - Picuí,  viajou neste domingo (21) com destino a Brasília representando a Paraíba como jovem Deputado Federal no Congresso Nacional, fazendo parte do programa Parlamento Jovem.
A partir desta segunda, Djalisson Oliveira irá vivenciar o processo democrático, mediante sua participação na Câmara dos Deputados em defesa de seu projeto de lei. O aluno foi orientado pelo professor Robson Rubenilson e apresentou uma proposta de lei que dispõe sobre a obrigação do ensino e promoção de debates contra os diversos tipos de intolerância nas escolas públicas do Brasil na semana que decorre o dia do estudante.
Durante o período da Legislatura com duração de cinco dias, Djalisson terá a oportunidade de experimentar o dia a dia dos parlamentares brasileiros no desempenho de suas funções, além de visitar os pontos turísticos da Capital Federal.

Além de José Djalisson, os alunos Daniel Nunes, Izabel Rodrigues e Nathália Leite já viveram a experiência como jovem parlamentar.

sábado, 20 de setembro de 2014

Alunos do Lordão são medalhistas nos Jogos Escolares da Paraíba

Teve início na sexta feira (19), em João Pessoa, a etapa estadual das modalidades individuais dos Jogos Escolares da Paraíba, categoria até 17 anos. Os vencedores representarão o Estado nos Jogos Escolares da Juventude Sub 17, que vão ser realizados na Capital, no mês de novembro.
              Segundo o coordenador dos Jogos, Antônio Vasconcelos “Tanto em João Pessoa quanto em Patos, toda escola terá direito a hospedagem em hotel, alimentação e translado. Serão dadas as melhores condições para que os atletas possam dar o máximo de si nas competições”.
Este ano a Escola Estadual Professor Lordão sob a coordenação dos professores Josemário Silva e Carlos Eduardo foi representada pelos alunos Lívia Ferreira, Thauani Moura, Naedja Alves e Vaneilson Silva. Todos medalhistas.
Confira os resultados.

Lívia Ferreira e Thauani Moura – Medalha de Prata – Vôlei de Areia





Naedja Alves – Atletismo – Medalha de Prata




Vaneilson Silva – Atletismo – Medalha de ouro.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Professores do Lordão participam de III Encontro do ProEMI


         O Gestor e quatro professores da Escola Estadual Professor Lordão participam do III Encontro do Programa Ensino Médio Inovador (Proemi) que acontece desde o dia 10 na cidade de Campina Grande.
           O evento foi aberto na quarta feira pela secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, e contou com a presença da gerente Executiva do Ensino Médio e Educação Profissional, Ana Célia Lisboa, do Gestor da Escola Professor Lordão e os professores: Edijoelma Dantas, articuladora do ProEMI; Inajar Nascimento, Gerlando Alves e Evandro Macedo.
         Na quinta-feira (11) foi proferida as palestras com o professor Luiz Schettinni, da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), e com o professor Dorivaldo Salustiano, da Universidade Federal da Campina Grande (UFCG).
         
 
Pela manhã, o Professor Inajar Nascimento apresentou o projeto Lordão além da terra, relatando as práticas inovadoras referentes a sua experiência com o projeto. 
            Finalizando o evento, a professora Ana Célia Lisboa ministrará a palestra “A implementação do ProEMI na Paraíba: desafios da Educação Integral no Ensino Médio”.
         O objetivo do encontro é propiciar a aproximação entre as escolas e a interação espontânea entre os profissionais da educação, criando espaço para a divulgação das experiências bem sucedidas e reflexão crítica em projetos. “O foco é continuar na trilha de construção de caminhos para uma educação integral de qualidade social, comprometida com os sujeitos do Ensino Médio da rede estadual”, explicou a secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena.

quarta-feira, 10 de setembro de 2014

Alunos do Lordão destacam-se na premiação do concurso Arte Cidadã.

Aconteceu nesta quarta (10) a premiação do Concurso Arte Cidadã em João Pessoa. A cerimônia aconteceu no espaço de eventos do gabinete do secretário de Receita da Paraíba e contou com a participação de representantes da Secretaria de Educação, gestores, professores e alunos da Paraíba.
Ao todo foram dez premiados, sendo cinco alunos da Escola Estadual Professor Lordão: Hailla Vasconcelos, orientada pelo professor Robson Rubenilson; Josafá Elias e José Gustavo, orientados pela professora Renata Santos e Carlos Willian e Daniele Medeiros, orientados pelo professor Eudes Diniz.
Cada aluno recebeu um notebook e certificado, enquanto os professores certificados de orientação.
O Melhor trabalho avaliado foi a paródia da aluna Hailla Vasconcelos intitulada Tributo Cidadão que leva a uma reflexão sobre o papel que os tributos exercessem na vida de cada cidadão.
Um dos destaques do evento aconteceu com declamação de sua poesia pelo aluno Carlos Willian. Outro destaque foi a participação de Guia Vasconcelos, mãe da aluna Hailla.
O concurso tinha como objetivo estimular a compreensão e produção dos alunos da rede pública de ensino sobre o tema a “Função Social dos Tributos”.

Durante a viagem os alunos ainda tiveram a oportunidade de saborear a melhor carne de sol do mundo no restaurante Recanto Picuí, empresa parceira da Escola Estadual Professor Lordão.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Alunos do Lordão receberão Prêmio do Governo do Estado da Paraíba.

Nesta Quarta Feira (10), 05 alunos, 03 professores e o gestor da Escola Estadual Professor Lordão estão sendo convidados a receber premiação do Governo do Estado da Paraíba, através da Secretaria da Receita e apoio da Secretaria de Educação por trabalhos desenvolvidos na escola.
Os alunos desenvolveram diferentes atividades voltadas para a educação fiscal, sendo premiados  no Concurso Arte Cidadã nas categorias: Poesia e Paródia.
Os alunos premiados são:

Categoria Poesia:
José Gustavo Lima e
Carlos Willian da Silva.

Categoria Paródia:
Hailla Vasconcelos;
Josafá Elias e
Danielle Medeiros.

Professores orientadores:
Eudes Diniz;
Renata Santos e
Robson Rubenilson.


        A cerimônia de premiação acontecerá nesta quarta-feira ( 10) no gabinete do Secretário de Estado da Receita em João Pessoa.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Conheça José Djalisson: Parlamentar jovem de Picuí

José Djalisson tem 17 anos é natural de Picuí e representará a Paraíba no Congresso Nacional como Jovem Deputado Federal.
Desde cedo foi uma criança ativa nos projetos sociais. As 7 anos fez parte do CEOP (Centro de Educação e Organização Popular) onde participava de  oficinas e atividades relacionados a assuntos que, até então, não era discutidos nas escolas:  Abuso Sexual, Política, Drogas,  e DST's eram  assuntos discutidos de forma lúdica para crianças e adolescentes. Aos 11 anos, ingressou no Movimento Escoteiro, um dos movimentos mais marcantes em sua vida. Realizava trabalho voluntário e participava de reuniões nas quais era demonstrado o respeito ao próximo e disciplina. O aprendizado adquirido em cada reunião serve até hoje, pois lapidou sua alma.
Como aluno da Escola Professor Lordão, na 1ª Série do Ensino Médio, publicou uma página chamada "Diário de Classe - Professor Lordão" (https://www.facebook.com/DiarioDeClasseProfessorLordao), baseada no Diário de Classe feita por Isabela Faber, de Santa Catarina. O "Diário" servia para reportar e denunciar fatos vistos por ele na escola, como vidros das janelas quebrados, portas, vandalismo e etc. Também reportava a qualidade de ensino que havia na época e o descaso de alguns professores. Ele queria mostrar a verdade e fez efeito, recebeu muito apoio. Foi uma fase muito importante em sua vida, amadureceu bastante. Estudou durante 1 ano e alguns meses no IFPB (Instituto Federal de Ciência e Tecnologia da Paraíba), onde iniciou o curso de Programação. Não se identificou e optou por sair. No mesmo Instituto ingressou no curso técnico de biblioteconomia, onde concluiu com êxito.
Toda estadia no IFPB foi paralelo ao Ensino Médio, já que ambos os cursos foram promovidos pelo PRONATEC (Programa Nacional de Ensino Técnico e Emprego). “Agradeço imensamente aos profissionais que me receberam e os amigos que pude fazer, foi de grande influência no meu crescimento intelectual e acadêmico” diz o parlamentar jovem.
Hoje participa do Grêmio Estudantil e do Conselho da Escola Estadual Professor Lordão, também faz parte do Bateia de Cinema, um grupo de jovens que visa, junto com o audiovisual efetivar trabalhos sociais, além de fazer  parte do Levante Popular da Juventude.
Como uma força implacável a literatura se fez presente em sua vida estimulada pela Escola Professor Lordão. A partir deste ponto ficou estranhamente apaixonado por marcadores de páginas. Uma de suas experiências numa tarde de quinta-feira enviou um e-mail para várias editoras de todo o Brasil pedindo de forma tímida os marcadores, e no final do e-mail acrescentava, "E livros, caso estejam sobrando". O pedido foi atendido... E por quase 2 meses chegaram vários marcadores de páginas e alguns livros, porém, não foi só isso que aconteceu. Uma editora conhecida ficou interessada e lhe convidou a participar de uma entrevista, na qual seria publicada por uma revista de grande nome no Brasil. Carta Capital. A matéria falava basicamente da sua biografia e o que os livros significavam pra ele. Vieram massivamente marcadores de editoras famosas, também vieram marcadores da Polônia, Eslôvênia, Portugal, Interior da Espanha e etc. Editoras e pessoas do Brasil inteiro, também, enviaram cartas, várias cartas lhe incentivando a ler e a acreditar nos meus sonhos. Escritores da Bahia, São Paulo, Santa Catarina também escreveram. “Fiquei muitíssimo feliz” diz José como é conhecido entre os escritores.
A carta que mais lhe impressionou foi a de uma senhora de 89 anos, que pensava que a juventude estava perdida. E livros, vários livros de todos os tipos, tamanhos e cores, não havia palavras para expressar o sentimento de um leitor nato, do sentimento quando chegavam os livros novos. Caixas e mais caixas chegavam, livros em outras línguas também, até o Alcorão, "bíblia" muçulmana, ele recebeu, em árabe. Doou parte dos livros à amigos e para a escola onde estuda. “Livro não é pra ficar numa estante levando poeira, né?” diz.
Participou da IX Bienal Internacional do Livro em Recife, Pernambuco, uma experiência ímpar e fantástica que presenciou junto com a professora de sociologia Carmeracilda Dantas que custeiou a viagem. Teatro, Parque de Diversão e Praia também entraram no pacote. Recentemente recebeu a notícia que o projeto de lei que tinha enviado, orientado pelo professor e diretor da Escola Professor Lordão, Robson Rubenilson, foi classificado para o PJB (Parlamento Jovem Brasileiro) onde eu passará uma semana como  Deputado Federal, podendo analisar qual é a função e o que faz um Deputado de uma forma mais real e participativa, contando até com votação de leis. O Projeto foi inscrito após o aluno chegar de São Paulo, onde participou  do 2º Acampamento Nacional do Levante Popular da Juventude, movimento social de caráter popular organizado por jovens do campo e da cidade. Lá  participei de oficinas, palestras e rodas de conversa e pode ter contato com alunos secundarista, professores, doutores e etc, do Brasil inteiro. Discutimos temas políticos fundamentais da juventude. Problemas semelhantes e realidades diferentes...Tudo isso que passou por São Paulo serviu como gás para inflamar o projeto que foi classificado.
A área de humanas é a que mais lhe atraí, já que a Literatura se faz muito presente em sua vida. Exatas também, só que com intensidade menor, foi aprovado na segunda fase da OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas) e a OPBQ (Olimpíada Paraibana de Química). O jovem Djalisson deseja ingressar na universidade o mais rápido possível e fazer os cursos de Direito, História ou Letras. Alguém duvida?